Tesoura feminista

janeiro de 2012 foi realmente um mês de descobertas transformadoras.

descobri um cabelo que eu não sabia que eu tinha.
cerquei uma cara com um cabelo que eu não sabia que existia em mim.
a amplificação de saber que corpo e mente são a mesma coisa.
escorrendo da cabeça ombros ou orelhas, abaixo estão os cabelos que nos dizem sobre coragem, alívio, força, novos ciclos, auto-conhecimento, amor-próprio.
a confusão entre normatização, moda, mito da beleza com sentir-se bem, amar-se, afirmar-se, antes plantada por mim mesma, amarrava os cachos da minha cabeça.

minhas costuras emprestaram a tesoura do desejo para os tristes cabelos se transformarem em movimento.
eu não sei como passaria do medo da tesoura ao sorriso ao acertar o corte.

eu demorei pra entender do que se trata isso.

eu acho que entendi o que isso quer dizer. Isso também é sobre empoderamento.

obrigada Tesoura Feminista.

♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀♀

Tesoura Feminista