Coletor Menstrual

Do que é feito o coletor menstrual?
Feito de silicone hipoalergênico medicinal (atóxico e translúcido) de altíssima qualidade, a grande vantagem do copo menstrual é que ele não resseca a vagina. Os absorventes internos descartáveis são feitos de algodão e mais 12 substâncias químicas e ressecam a flora (35% do que é absorvido é umidade do corpo, cheio de lubrificantes e bactérias amigas, e não sangue menstrual).
Por isso o coletor menstrual é uma boa solução, também para pessoas que costumam ficar com a pele irritada e tem alergia aos absorventes por causa do contato direto com a pele. Além disso, como não há proliferação de bactérias enquanto o sangue não entra em contato com o ar, não sentimos odor socialmente considerado desagradável. Não é utilizado nenhum tipo de corante, látex, gel, bisfenol, dioxina, cola, perfume, pesticidas e nem agentes branqueadores e é por isso que tantos ginecologistas e profissionais da área da saúde têm aprovado o copo menstrual.
O silicone é composto praticamente de silício, que é encontrado na forma natural na areia, no quartzo e nas rochas. O silício é, depois do oxigênio, o elemento mais comum na Terra e após combinado com oxigênio, carbono e hidrogênio transforma-se em silicone. Dependendo da disposição das moléculas, os silicones adotam formas distintas: óleo, gel ou sólido.O silicone é um material inerte que vem sendo amplamente usado por não causar reações no corpo, são biocompatíveis e de fácil higienização. Há mais de 50 anos esse material vem sendo pesquisado e aprovado para procedimentos médicos.
Na fabricação do copo menstrual, o silicone começa no estado líquido e depois as partículas são condensadas no processo de vulcanização que acontece em temperaturas altíssimas. Não há possibilidade de nenhuma substância se desprender do coletor e passar para o corpo.
Segundo a médica ginecologista Dra. Catia Chuba (Clínica Tobias, de São Paulo), “há baixo risco de infecções no uso dos copos menstruais, diferentemente dos tampões vaginais, não há relatos da ocorrência de Síndrome do Choque Tóxico”.
.
.
Custos
A indústria de produtos de higiêne feminina é um dos negócios mais lucrativos dentro da esfera do consumismo. Embora a maioria das pessoas raramente pense sobre isso, todas nós temos sido afetadas negativamente por esta indústria corrupta. Como esses produtos, incluindo absorventes, tampões e duchas são uma parte regular da vida das pessoas que menstruam, a maioria de nós não estão cientes das maneiras complexas que temos sido influenciadas.
Mas você não precisa gastar dinheiro todo mês só porque está menstruada! Em média, as pessoas gastam quase R$ 9.000,00 em absorventes descartáveis durante sua vida! Os produtos de higiene feminina reutilizáveis são muito econômicos pois se você usá-lo por 6 ciclos já terá recuperado o gasto, comparado com produtos descartáveis. Em geral, as pessoas gastam aproximadamente R$ 210,64 por ano. Ou seja, usando produtos reutilizáveis, você estará economizando mais de R$130,00 logo no primeiro ano!

Clique na tabela para ampliar:

Levantamento de preços feito em 10/01/2012 na Ultrafarma e Onofre. Fonte: InCiclo.

 

Como usar?
Coletores menstruais são tão confortáveis que você vai colocá-lo e esquecer que está usando por até 12 horas. O copinho é feito de silicone macio e flexível. Você não o sentirá quando estiver usando e, além disso, não terá contato com o sangue na hora de higienizar.
Com um pouco de prática, você vai colocá-lo e tirá-lo em segundos. Cada pessoa encontra uma posição que se sente mais confortável. Para colocar, o coletor deve ser inserido dobrado na vagina. A flexibilidade do silicone permite que o coletor abra e molde-se perfeitamente ao seu corpo. Depois de 8 a 12 horas, é só retirar e enxaguar. Pronto! Pode usá-lo novamente. Recomenda-se lavar bem as mãos antes e depois da retirada do coletor.
.
Veja passo a passo:
.
colocar1

Lave bem as mãos e higienize seu coletor. Procure uma posição confortável, na qual você se sinta relaxada. Pode ser em pé, agachada, sentada no vaso sanitário, etc.

 

 

 

colocar2

Dobre o coletor e segure.

 

 

 

 

 

Com os músculos da vagina relaxados, separe os colocar4grandes lábios com a outra mão e insira o coletor, começando pela parte arredondada. Coloque-o na direção horizontal (na direção do ânus). Continue, mesmo que ele se desdobre antes de ser colocado totalmente. Insira-o até que ele fique completamente dentro da vagina (aproximadamente a 1 cm da entrada da vagina). Não se deve colocar muito alto como os absorventes internos que ficam atrás do colo do útero. O coletor depois de inserido, fica em posição mais baixa que um absorvente interno, o que facilita a remoção sem acidentes (deixar escorregá-lo ou escapar ao tirar, por exemplo).

 

colocar5Para verificar se o coletor abriu completamente, segure-o pela base perto da haste e gire o copo menstrual dando uma volta completa. Se isso acontecer facilmente, é porque está correto, caso contrário, retire-o e coloque-o novamente. Uma outra maneira de verificar é tentar alcançar, com o dedo indicador, perto da borda do coletor para verificar se não tem nenhuma parte amassada por toda a volta. Algumas mulheres preferem colocar o coletor quase aberto, ao invés de dobrá-lo. Dessa forma, terá certeza de que o copo está aberto. O coletor não vaza nem durante a noite, nem praticando esportes. Se ele está aberto e no lugar correto, estará vedando toda a passagem do fluxo.
.
Menstrual_cup_pos2

CORRETO

Menstrual_cup_pos1

INCORRETO

 

 

 

 

 

 

 

.

Repare que a posição do coletor na primeira imagem está logo abaixo do colo do útero, por onde sai a menstruação, cumprindo perfeitamente sua função. Já na segunda imagem, o coletor está mal posicionado não coletando a menstrução. Essa pode ser uma razão de vazamento e para evitá-la basta inserir o coletor fazendo uma curva para cima e também não aprofundamento muito.

.

Entre um ciclo e outro, é recomendada uma limpeza mais cautelosa. Você pode ferver por 5 minutos para esterilizar seu coletor.

.

A retirada é simples

Lave as mãos e, sentada no vaso sanitário, puxe o coletor pela haste até alcançar a base. Aperte levemente a base e vire-a um pouco de lado para facilitar a entrada de ar e evitar a formação de vácuo. O líquido não sairá do coletor durante a remoção. Esvazie no vaso sanitário, lave com água e sabão neutro (enxague bem!) e insira novamente. Esse processo deve ser feito de 2 a 3 vezes ao dia conforme o a intensidade do seu fluxo menstrual.
Você pode usá-lo durante toda a noite, mas deve respeitar o máximo de 12 horas. Com o tempo você vai perceber a frequência ideal que deve removê-lo. Não é necessário tirar o coletor para urinar ou evacuar.
Se você tiver que esvaziá-lo em banheiros públicos, basta tirar e limpar o coletor com papel higiênico, ou leve consigo uma garrafinha com água. Na próxima troca, faça uma higiene com água e sabão. Se ocorrer de você colocar o coletor mais perto do colo do útero e ficar difícil de removê-lo, faça um pouco de força com os músculos vaginais e puxe o coletor pela haste.
Retire-o devagar, vire-o um pouco de lado para facilitar a entrada de ar e aperte um pouquinho para evitar a formação de vácuo. Agachada é uma posição que ajuda bastante, já que, assim, o canal vaginal fica mais “curto”.
Tente relaxar, se você estiver nervosa, os músculos ficam tensos e a remoção pode ficar mais difícil. Procure esperar alguns minutos até estar tranquila para retirá-lo.
Após alguns dias de uso você fará esse processo em poucos segundos 😉

Higienização

O silicone é um material de fácil higienização, além disso o coletor é transparente, o que facilita bastante a limpeza.
Lave o coletor menstrual com água e sabão neutro de 2 a 3 vezes ao dia. Enxague-o bem. Ao final de cada ciclo, recomendamos fervê-lo por 5 minutos. Não se deve usar panelas de alumíno, nem de teflon, pois elas soltam substâncias metálicas que podem danificar o silicone. Panelas de ágata são ideais para a higienização, por ser esmaltada é um produto atóxico de baixíssima porosidade, bem como as de vidro.
Use somente água e sabão neutro. Outros produtos podem danificar o silicone. Para armazená-lo, seque bem e coloque na bolsinha que acompanha o coletor. Não guarde em embalagens plásticas.

 

Validade do coletor menstrual
O silicone é muito durável. A validade do produto depende de diversos fatores tais como: frequencia e modo de higienização, ph vaginal e produtos de limpeza que são utilizados. Recomendamos que as usuárias verifiquem regularmente seu coletor menstrual para ver se não há sinais de deterioração como alteração da cor, se está pegajoso, se tem odor ou partes quebradiças. O prazo pode chegar a 10 anos.

 

Fonte: InCiclo.

Veja o vídeo de Como colocar seu coletor menstrual: